sábado, 18 de agosto de 2012

Os benefícios dos Florais - Programa Super Útil

video
Tive a oportunidade de falar sobre os Florais no Programa Super Útil, na Band, último dia 14 de Agosto. E gostaria de compartilhar com todos. Agradecer também o apoio dos amigos. 

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

As vezes acontecem coisas que não esperamos, que não imaginamos, que nem se quer sonhávamos... mas acontecem....
Algumas vezes a gente se perde nos pensamentos, nos momentos tão bobos, mas tão felizes que vivemos, como se tudo aquilo bastasse pra toda vida. Mas momentos são só momentos, eles vem e vão... digo bobos, porque, foram tão simples, mas tão intensos esses momentos, que teimam em não deixar o pensamento, com aquela vontade danada de que voltem e se repitam, mais uma vez, e mais uma vez. 
A plenitude do ser está nos momentos mais simples, onde podemos ser nós mesmos, sem máscaras, sem jogos, sem rodeios. Simplesmente onde podemos ser... aconteça o que acontecer.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Descansa Coração

video

Cansei de tanto procurar
Cansei de não achar
Cansei de tanto encontrar
Cansei de me perder
Hoje eu quero somente esquecer
Quero o corpo sem qualquer querer
Tenhos os olhos tão cansados de te ver
Na memória, no sonho e em vão
Não sei pra onde vou
Não sei
Se vou ou vou ficar
Pensei, não quero mais pensar
Cansei de esperar
Agora nem sei mais o que querer
E a noite não tarda a nascer
Descansa coração e bate em paz

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

As garotas aprendem muito enquanto crescem. Se um cara a esmurrar, ele gosta de você. Nunca tente corta sua própria franja. E algum dia vai conhecer um homem maravilhoso e ter o seu próprio final feliz.
Todos os filmes que vemos e todas as histórias que ouvimos nos imploram para esperarmos por ele. A virada no terceiro ato. A inesperada declaração de amor. A exceção a regra.
Mas, às vezes, estamos tão concentradas em achar nosso final feliz, que não aprendemos a ler os sinais. Como distinguir os que nos querem e os que não nos querem. Entre os que vão ficar e os que vão partir.
E talvez esse final não inclua um homem maravilhoso. Talvez dependa de você. Talvez esteja por sua conta, juntando os pedaços e recomeçando, se libertando para achar alguma coisa melhor no futuro. Talvez o final seja só seguir em frente. Ou Talvez o final seja este, saber que apesar das ligações não retornadas e todas as magoas, apesar de todos os erros e sinais mal interpretados, com toda vergonha e constrangimento você nunca, nunca perdeu a esperança.
(Ele não está tão afim de você)
As garotas aprendem muito enquanto crescem. Se um cara a esmurrar, ele gosta de você. Nunca tente corta sua própria franja. E algum dia vai conhecer um homem maravilhoso e ter o seu próprio final feliz.
Todos os filmes que vemos e todas as histórias que ouvimos nos imploram para esperarmos por ele. A virada no terceiro ato. A inesperada declaração de amor. A exceção a regra.
Mas, às vezes, estamos tão concentradas em achar nosso final feliz, que não aprendemos a ler os sinais. Como distinguir os que nos querem e os que não nos querem. Entre os que vão ficar e os que vão partir.
E talvez esse final não inclua um homem maravilhoso. Talvez dependa de você. Talvez esteja por sua conta, juntando os pedaços e recomeçando, se libertando para achar alguma coisa melhor no futuro. Talvez o final seja só seguir em frente. Ou Talvez o final seja este, saber que apesar das ligações não retornadas e todas as magoas, apesar de todos os erros e sinais mal interpretados, com toda vergonha e constrangimento você nunca, nunca perdeu a esperança.
(Ele não está tão afim de você)

Borboletas


BORBOLETAS

Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de
se decepcionar é grande.

As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.

Temos que nos bastar... nos bastar sempre e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.

As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.

Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.

Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.

O segredo é não cuidar das borboletas e sim cuidar do jardim para que elas venham até você.

No final das contas, você vai achar
não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!
Mario Quintana



Um dia a gente percebe que não adianta correr atrás das borboletas, que o mais importante é ir cuidando do próprio jardim... estava pensando nisso, lembrei do poema do Mario Quintana. Relacionar-se é algo que demanda muita energia, criamos inúmeras expectativas, idealizamos muito, nos cobramos demasiado. No final das contas a maioria de nós acaba por se frustrar, uma lastima, já que os relacionamentos são trocas, onde um pode enriquecer a existência do outro. Mesmo que as pessoas passem por nossas vidas, por um momento curto ou por longo período, devemos aproveitar cada instante, sem claro, se perder nessas trocas, sem precisar do outro, mas dividindo as experiências de vida, compartilhando e acima de tudo respeitando cada ponto de vista, e cada decisão. Não precisar do outro é não depositar no outro um fardo que não é dele, gostar de si mesmo é a melhor maneira para relacionar-se bem.